Press Release

Senior Solution registra EBITDA recorde no 2º trimestre
EBITDA ajustado aumentou 115,9% alcançando R$ 5,8 milhões

DESTAQUES DO 2T17:

  • Receita líquida: recorde de R$ 32,8 milhões (+60,0% vs. 2T16);
  • Receita recorrente: R$ 24,4 milhões (+50,1% vs. 2T16);
  • EBITDA: recorde de R$ 3,8 milhões (+41,8% vs. 2T16);
  • EBITDA ajustado: recorde de R$ 5,8 milhões (+115,9% vs. 2T16).

São Paulo, 9 de agosto de 2017. A Senior Solution (B3: SNSL3), líder em desenvolvimento de softwares para o setor financeiro no Brasil, registrou receita líquida recorde de R$ 32,8 milhões no 2º trimestre, crescimento de 60,0% sobre igual período de 2016, com a consolidação dos resultados da attps. As receitas recorrentes representaram 74,3% do total, importante patamar para garantir a previsibilidade dos negócios.

No trimestre a empresa contabilizou gastos extraordinários de R$ 2,0 milhões com ajustes na estrutura para compensar eventual aumento de tributos sobre a folha de pagamentos, assunto em discussão no Congresso desde o final de março. "Esperamos obter economias recorrentes significativas após esses ajustes, pois preparamos a empresa para o cenário tributário mais severo, que atualmente é pouco provável", ressalta Bernardo Gomes, Diretor Presidente.

O EBITDA alcançou recorde R$ 3,8 milhões, aumento de 41,8%, e o EBITDA ajustado pelo gasto extraordinário atingiu recorde de R$ 5,8 milhões, incremento de 115,9%, melhor resultado da história da Companhia. A Senior Solution apresentou uma evolução na margem EBITDA ajustada de 4,6 pontos percentuais sobre o mesmo período do ano anterior, alcançando 17,6%, principalmente pela bem-sucedida integração da attps.

Segundo Gomes, o plano de integração teve um avanço substancial até este momento, mas ainda existem sinergias adicionais a serem capturadas nos próximos trimestres. "Sem os gastos extraordinários e com as economias recorrentes obtidas, a empresa tem potencial para melhorar significativamente seu patamar de lucratividade quando a integração for concluída", afirma.

Por fim, Gomes lembra que o recém anunciado financiamento do BNDES de R$ 23,4 milhões reforçará o caixa no curto prazo, e a adesão ao Novo Mercado deixará a empresa preparada para futuras captações. "Os esforços do 1º semestre foram concentrados na eficiência operacional. Agora estamos preparados para dar continuidade ao crescimento, buscando novas aquisições", conclui.