Newsletter

Automatizando os processos da sua empresa com RPA

Entenda como o Robotic Process Automation, o RPA, pode aumentar a performance e reduzir os custos de operação.

Robotic Process Automation, ou simplesmente RPA, diz respeito a uma inteligência artificial, normalmente em forma de software, aliada a uma máquina que é capaz de realizar tarefas de maneira automática. Para que o RPA seja rentável, é importante que essas tarefas sejam repetíveis, escaláveis e em grande volume. No caso de automação, os robôs são as máquinas controladas por essa inteligência artificial, que envia informações sobre o que deve ser feito e como.

Quando falamos de RPA, é muito comum a ideia de que essa tecnologia é a mesma da automação de TI convencional. A verdade, entretanto, é que o RPA possui uma característica única: a adaptabilidade. Em vez de apenas automatizar o processo, como a automação de TI faz, o uso de RPA permite que o próprio robô - nesse caso, o software - se adapte a novas necessidades e situações. Como ele é capaz de aprender e se modificar de acordo com as especificações, a automação baseada em RPA pode acontecer de maneira mais eficaz. Esse tipo de autonomia existe justamente para diminuir a intervenção humana. Enquanto a automação de TI tradicional é responsável por alertar a pessoa sobre a necessidade de correção, o RPA é a própria responsável pela tomada de decisão e ajuste do problema.

Por exemplo, no caso de uma esteira de produção, o RPA pode controlar sua velocidade, precisão de corte, definir os parâmetros de parada e demais detalhes do funcionamento.

A metodologia de RPA pode ser aplicada a qualquer empresa ou negócio, principalmente em áreas que possuem muitas atividades operacionais e que demandem um headcount elevado.

Mais do que isso, o RPA trabalha para reduzir o tempo de uma série de etapas. Quanto menor a atuação humana, menor são as chances de acidentes e erros, que podem ocorrer devido a uma interpretação errada ou à inserção incorreta de dados. Além disso, como o RPA é capaz de aprender e decidir sozinha, ela gasta menos tempo entre a identificação de uma situação e a atuação no problema, o que impacta diretamente na produtividade e no alcance de resultados para a empresa, melhorando a performance, reduzindo custos operacionais e minimizando os desperdícios produtivos. O RPA é um fator determinante para aumentar a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pelas empresas.